Bem-vindo à SACheats

Registre-se para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, dar reputação aos seus colegas e muito mais.
Registre-se Agora

Depois do Google, Amazon e Apple, o Facebook também admite ter ouvido os áudios de seus usuários

Discussão em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por SATech, Agosto 14, 2019.

  1. SATech

    SATech Mídia Staff Member

    51
    0
    6
    Nos últimos meses, descobriu-se que o Google, Amazon e Apple têm equipes (geralmente terceirizadas) ouvindo algumas gravações que o Assistant , Alexa e Siri coletam, com o objetivo, segundo as empresas, de "melhorar a qualidade do serviço".

    O problema é que, apesar de todas as empresas alertarem que esses áudios podem ser processados, nenhum deles alertou em suas condições de serviço que poderiam ser pessoas que realizarão tais análises . Após várias medidas desses atores, aprendemos com a Bloomberg que o Facebook também tem pago centenas de trabalhadores terceirizados para transcrever notas de áudio de usuários de seus serviços.

    Facebook admite a prática no Messenger e diz que vai parar
    [​IMG]
    Os áudios que funcionários terceirizados transcrevem, e dos quais a Bloomberg informa, não são de usuários que usam o Facebook Portal, mas do recurso de voz para transcrição de texto do Messenger . Este fato, segundo as notícias, não foi comunicado aos trabalhadores que, com os dados fornecidos pelo Facebook, não sabem de onde vêm os áudios.

    Eles só são solicitados a transcrever, segundo os próprios funcionários, que pediram anonimato por medo de perder o emprego. No conteúdo, eles mencionam que às vezes eles recebem clipes com conteúdo vulgar, algo normalcomo os funcionários foram mencionados no resto dos casos das outras empresas.

    Como a Amazon, Google e Apple também fizeram, o Facebook reconheceu a Bloomberg que está transcrevendo os áudios dos usuários, mas eles fizeram uma pausa no programa de revisão de áudio uma semana atrás , após pressão sobre a Apple e o Google. O Facebook também afirma que o uso desse sistema respondeu a verificar se a inteligência artificial interpretou corretamente os áudios em sua conversão para texto, mencionando que eles eram anônimos e que isso só foi feito com usuários que usam a função de transcrição de texto.

    No final, como nos outros casos, é novamente um problema de falta de transparência proativa . Ao redor do Facebook existem sempre teorias de conspiração sobre o que elas ouvem através dos microfones de nossos smartphones. Se tudo isso for bem detalhado e explicado, o usuário depende mais de uma empresa do que se ele souber que as pessoas podem ouvir seus áudios sem saber os detalhes antecipadamente .
     

Compartilhe esta Página

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]